logo
Governo e política, crime e segurança, arte, escola, dinheiro e principalmente gente da cidade sem portas
post

O Conto da Aia, uma alegoria antitrump

.

hhjhjhjh Elisabeth Moss, de publicitária a aia insubmissa.

.

O discurso feminista vai ficar mais estridente na TV a cabo.

Está chegando The Handmaid’s Tale (O Conto da Aia), a série que ganhou vários Emmys neste domingo e conquistou manchetes como a nova bandeira antimachista (estamos na era Trump) e liberal.

O tema é a distopia do futuro – distopia é o oposto de utopia – em que uma mulher é obrigada a viver como concubina sob uma ditadura teocrática fundamentalista. Não custa reler 1984 para ter como discutir as diferenças entre dois clássicos do gênero.

Elisabeth Moss, 34 anos, (Mad Men) interpreta a personagem central, uma aia cujo maior compromisso é emprestar o útero para a reprodução da família. A série é baseada em romance da escritora canadense de 77 anos Margaret Atwood, multipremiada e condecorada pelo governo do Canadá.

Posted on 18th setembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *