logo
Governo e política, crime e segurança, arte, escola, dinheiro e principalmente gente da cidade sem portas

Posts categorized Sem categoria

post

Então, Coxa, vai sacar ou se entregar?

.

 

ghghghghg Samir Namur vai ter, no ano que vem, um orçamento de R$ 103 milhões. Deste valor, 70% poderá ser utilizado com o futebol, Um dinheirinho comparado com o que foi gasto este ano.

.

Como se volta à Serie A com um orçamento limitado?

Primeiro, organizando o clube, que gastava muito e mal. Agora, o orçamento limita a folha de pagamento a 1,3 milhão por mês.

Segundo, contratando um especialista em Serie B. O Coxa tentou Renê Simões, que não aceitou. Há outros que podem assumir o cargo de diretor profissional de futebol.

Mas não há muitos outros.

Toda escolha, numa hora dessas, é difícil e decisiva.

E pode ser fatal.

Num daqueles filmes de faroeste, John Wayne pergunta ao bandido, os dois em pé na Main Street, a dez metros um do outro:

-Escolha: vai sacar ou se entregar para eu levá-lo ao juiz Nordon?

(O juiz é famoso pelo número de enforcamentos que promove.)

 

Posted on 15th dezembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Em janeiro, se puder, deixe o carro em casa

.

 

hhjhjhjh A previsão é de que em janeiro vai chover muito – chover multa.

 

 

.

Está no Metro:

“Guarda Municipal vai aplicar multa de trânsito”.

O jornal conta que, segundo a prefeitura, “guardas vão adicionar fiscalização de trânsito às suas funções normais a partir de janeiro, nos locais onde a GM já circula com frequência.”

O orçamento municipal é de oito bilhões e a conta não fecha.

 

Posted on 15th dezembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

NÃO HÁ NADA TÃO DOLOROSO COMO UMA GRANDE VITÓRIA, CORITIBA – EXCETO UMA GRANDE DERROTA

.

 

hhjhjhjh O Glorioso

 

 

.

 

 

 

Olho para minha camisa verde e branca, com a data 1985 na manga. Como garantir que, daqui a um ano, vou usá-la em jogos do Brasileirão?

Nebuloso é o futuro do Coritiba.

Caiu sem glória, sem sangue, sem um grito de dor, boxeador manso que desaba grogue de tanto apanhar.

Perdeu o rumo traçado pelos fundadores alemães, poloneses, italianos, dinamarqueses, o cearense Couto Pereira, o “argentino” Fritz Essenfelder. Eles queriam jogar futebol.

O atual capítulo de tragédia coxa branca começou a ser escrita em 2011, ano da inesquecível série de 22 vitórias, quando a fogueira de vaidades sabotou a conquista da Copa Brasil. E a irresponsabilidade fiscal ampliou as dívidas, principalmente a trabalhista.

***

Pobre do clube que precisa de heróis.

Numa hora dessas, entretanto, é impossível não lembrar de Arion Cornelsen, de Evangelino Neves, dos Mauad – gente que consolidou o patrimônio do clube e construiu uma história de conquistas esportivas.

Depois, sumiram os líderes capazes de inspirar uma visão do futuro, carregar a massa de volta ao estádio para transformar a visão em realidade. Vivemos um tempo sem luz.

É a era dos eiros – politiqueiros, marqueteiros e milagreiros. Da tenebrosa campanha para derrubar o estádio Couto Pereira. Do business as usual.

Clube tem que produzir craques, ganhar campeonatos, alegrar a torcida e a cidade.

***

Está na hora de tirar os homens de bem do meio da torcida e fazê-los conselheiros e diretores. Livrar-se dos oportunistas, dos ingênuos e dos despreparados. A instituição é muito grande para ficar na mão deles.

***

Não custa repetir: a diretoria está lá para resolver problemas administrativos e financeiros, que são muitos – nunca para contratar ou escalar jogador, jamais para derrubar o técnico.

O Coritiba chegou à segunda divisão depois de contratar três técnicos, 56 jogadores, um mundo de assessores. Um dos técnicos, Paulo Cesar Carpegiani, foi dispensado um mês depois de ter o contrato renovado. Foi para o Bahia que estava entre os quatro últimos e conquistou uma vaga na Sulamericana.

***

Agora, não basta a primeira divisão. O Coxa tem que voltar glorioso, nos braços do povo, orgulhoso de sua história.

Para chamar a torcida para dentro do clube, uma simples proposta: criar o voto direto para presidente.

Uma reforma no estatuto estabelecerá: todos os sócios com mais de 16 anos poderão votar para presidente. A maioria elegerá democraticamente o líder da nova era coritibana.

Sem aventuras – cada chapa será endossada por cinquenta conselheiros.

Haverá um presidente forte, eleito por milhares de sócios, uma proposta de gestão e uma diretoria comprometida com o futebol, com a formação de atletas, com a ética e com a vitória.

 

Posted on 4th dezembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Vai comprar um carro novo? Pense de novo

.

hhkhkhkh Renault Zoe, elétrico campeão de vendas. Aqui custaria perto de 100 mil reais.

 

 

.

 

Está difícil entender o Brasil.

O carrão zero ainda é o sonho para a maioria. Pode ser o novo Polo, o Chevrolet Onix, o Argo da Fiat, o Hyundai HB20, até o Honda Fit ou o Ethios.

Todos carros para gente sem juízo, é só pesquisar um pouco.

Investiguei quando o carro elétrico vai ficar mais barato do que o carro a gasolina.

A resposta surpreendeu: já é mais barato rodar em carros elétricos em países como a Inglaterra, Estados Unidos e Japão.

O custo mais baixo estimula vendas de carros elétricos. Atualmente, o custo é subsidiado parcialmente pelos governos. Na Inglaterra, quem compra um Nissan Leaf por 22 mil libras recebe 5,5 mil do governo para ajudar no negócio. Mas logo os elétricos serão a opção mais barata mesmo sem subsídio.

***

Na Inglaterra, a virada acontecerá daqui a 18 meses, em maio de 2019, segundo a Energy and Climate Intelligence Unit, citada pelo The Guardian.

As análises favoráveis ao carro elétrico consideram um período de quatro anos e estimam que a eletricidade vai continuar mais barata que o diesel e bem mais barata que a gasolina.

Os outros fatores considerados foram preço e depreciação, seguro, imposto e manutenção. O preço tende a cair com os ganhos de escala, porque as vendas de elétricos vêm crescendo sem parar.

O custo da bateria era alto; vem baixando de ano para ano.

As boas notícias por enquanto não valem para o Brasil do Meireles e do Jucá, onde o pessimismo é meio obrigatório.

***

P.S. – O Millor dizia que o pessimista acerta duas vezes – quando acerta e quando erra.

 

Posted on 2nd dezembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Palácio Encantado

.hjhjhjh

Vinte atores e bailarinos. Para não dizer que o espetáculo é completamente paulistano, durante três minutos o coral de 111 crianças do Natal Bradesco canta Estão Voltando as Flores do paranaense Paulo Soledade.

 

 

 

A apresentadora é a boa cantora, atriz e bailarina Simone Gutierrez. Tenho a maior admiração por ela, que emagreceu quase 40 quilos sem cirurgia bariátrica – só na moral.

O show dura 45 minutos. Vai de 1º a 17 de dezembro. Parte é dedicado a compositores nacionais. Clareana, Vilarejo, Chuva no Brejo. Joyce e Marisa Monte.

Mas o forte vem de fora, começando por White Christmas, que Irving Berlin compôs em 1940 e pouca gente ainda aguente ouvir, principalmente nesta época do ano.

Ninguém fala quanto custou o espetáculo, que é bancado pela Lei Rouanet, nem porque não encomendaram canções novas, com tanto compositor bom disposto trabalhar para o Natal curitibano.

Quem quiser assistir ao espetáculo sem apanhar chuva (ontem teve garoa) deve procurar uma certa AMR Turismo, que vende camarotes no prédio em frente. 1590 reais por um camarote com dez lugares, com direito a um pacote de biscoito e uma água mineral.

Quem estiver com preguiça pode ficar em casa. O Bradesco promete transmissão pelo YouTube.

.

hjhjhjh Muita cor.
Posted on 26th novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

O pinheirão do Centro Cívico

.

 

 

ghhhhkh Para fazer um pinheirinho às vezes basta uma criança. Para um pinheirão, como o da Prefeitura, é necessário muitos adultos – eletricistas, carpinteiros, gente com habilidade e coragem para subir na estrutura em construção.

 

.

 

Posted on 25th novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Portão no Bom Retiro

.

 

 

 

ghghghg Não é de alumínio. Não eletrônico. Não tem controle remoto. Provavelmente não engripa nem dá pau. É apenas um velho e bonito portão que o dono da casa teve o bom gosto de conservar.

 

 

.

 

Posted on 24th novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Imaginou quanto vai custar a camisa de Neymar Jr se ele for para o Real Madri?

.

gghghg Aqui, a camisa “oficial” de Neymar custa 240 reais no shopping e 30 no camelô.

 

.

Está no Globo.

“As especulações de uma eventual ida de Neymar para o Real Madrid ainda ronda o Paris Saint-Germain. Na coletiva desta sexta-feira, o técnico do PSG, Unai Emery, foi mais uma vez questionado sobre o assunto. E, meio indiferente, se negou a falar novamente sobre isso (na semana passada, de forma relativamente vaga, ele reforçou que o brasileiro está em seus planos).”

 

 

 

Posted on 24th novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Da grande música de 1950-1975 sobraram poucas fotos e nenhum vídeotape

gghghghg Logo estará nas livrarias.

.

Saiu da máquina, na gráfica Comunicare, o primeiro exemplar de “Curitiba no Tempo do Jazz Band”.

É a história de 25 anos loucos, quando a cidade vivia a orgia do dinheiro do café e era a melhor capital brasileira para ouvir jazz e bossa nova.

Um capítulo é dedicado ao Lápis, o mais popular e mais produtivo cantor e compositor paranaense, morto precocemente em 1978, com 36 anos. Cardiopatia congênita.

A Secretaria de Cultura inaugurou ontem a exposição com parte da memória do Lápis, que só os muito amigos chamavam de Palminor Rodrigues Ferreira.

Não foi fácil pesquisar a história recente da música paranaense. O Lapis atuou no Maracanazinho locado – umas 30 mil pessoas aplaudindo e vaiando os participantes do Festival de Música da falecida TV Excelsior. Tentei obter fotografias desse momento na TV Globo. Nada. No jornal O Globo, nada. Nos vários bancos de imagem do Rio e de São Paulo. Novamente nada.

Procurei um fotograma, um mísero fotograma, 1/30 de segundo bastava. O video tape não existe mais. Boa memória é coisa de pais rico.

Ficamos sem aquele momento de glória para o Lapis, seu parceiro Paulo Vítola, e os integrantes do Bitten-4.

Menos o Anadir, que voltou antes para Curitiba e foi substituido por um cantor carioca chamado Andrews. Que não cantava nada, mas tinha um bom jogo de cena. segundo depoimentos.

.

 

O Bitten-4. Fernando Loko, Anadir e Lápis. Atrás, o Dalton. O Bitten-4. Fernando Loko, Anadir e Lápis. Atrás, o Dalton.

 

Posted on 21st novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet
post

Quer passear de pedalinho? Volte no Natal

.

gghghg O lago seco. .
gghgghgg O pedalinho estaleirado. .

gghghg O retratista com poucos clientes.

.
.

No dia 31 de julho, uma segunda-feira, o lago do Passeio Público começou a ser tratado. O povo reclamava de certa espuma branca e mal cheirosa sobre a água, que os funcionários insistiam em classificar como penas das paineiras.

As máquinas foram limpas, a água esverdeada jogada no Rio Belém. Apareceu o fundo de cimento coberto de lama e limo.

Os funcionários da Secretaria do Meio Ambiente são dedicados, mas respeitam o tempo das coisas e até hoje, mais de 90 dias, o lago continua vazio. Um serviço interminável. Quem pergunta recebe vaga promessa de que lá pelo Natal tudo estará pronto.

Então está combinado: fica tudo para quando o coral do Bamerindus, digo, do HSBC, desculpe, do Bradesco, encerrar seu show anual, lá pelo dia 20 de dezembro. Se tudo correr bem, o apresentador anunciará que no Belém ocorreu o milagre do lago que ressurgiu do cimento, onde navega um pedalinho mágico, e as carpas que escaparam da frigideira nadam em água translúcida.

***

O momento não é bom para o pipoqueiro, que vendia o dobro no tempo das crianças e das carpas. Nem para o retratista, que desenha cada vez menos. Nem para os garçons do restaurante.

Claro, era preciso fazer alguma coisa. Em março, Solange R, uma frequentadora, postou no site TripAdvisor, uma avaliação indignada: “Abandono! Localizado no centro de Curitiba, com muitas árvores e pássaros. Poderia ser um paraíso, mas está completamente abandonado, canteiros secos, sujos e mal frequentado.”

Quando reclamações assim começam a sair no maior site de turismo do mundo, também não é bom para a imagem internacional de Curitiba, que já frequentou a lista das cidades ecologicamente corretas onde todos queriam morar.

Posted on 4th novembro 2017 in Sem categoria  •  No comments yet