logo
Governo e política, crime e segurança, arte, escola, dinheiro e principalmente gente da cidade sem portas
post

Cadeia maxflex

.

hhkhkh A geração maxflex não tem medo do colchão mole.

.

Os presos do Lava Jato pedem maxflex, apesar da advertência de médicos: colchão macio faz mal para a coluna.

Os advogados deles, que fazem essas reivindicações, são jovens. Não sabem o que é lordose, cifose ou escoliose. Muito menos dor ciática. Por isso exigem colchões macios, de luxo.

A cadeia maxflex (foto) do ex-governador Sergio Cabral é uma prova da distância que separa causídicos de esculápios.

Então se, por algum motivo, justo ou injusto, alguém estiver a caminho de Piraquara, devem pedir ao advogado para não aceitar colchão com pillow top (doentiamente macio), nem com 800 molas (estrutura fraca). Os bons, durinhos, vêm com suporte de borda.

Se tudo isso for negado, o preso tem argumento para um pedido de habeas corpus.

A pena foi extrapolada. Ele foi condenado à cadeia, não à lombalgia.

Posted on 14th junho 2017 in Sem categoria  •  No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *