logo
Governo e política, crime e segurança, arte, escola, dinheiro e principalmente gente da cidade sem portas
post

O Barigui bonito, caro e perigoso

.

 

fgfgfgf Barigui, onde o xixi dá lucro.

 

 

 

.

A primavera começou e o parque do Barigui está lindo.

Lindo, perigoso e caro.

É um sinal dos tempos cobrar dois reais por um xixi, quando a garrafa com 500 ml de água mineral custa 1,60 no mercado.

Saudades do vereador Pedro Lauro Domaradzki (Mallet, 1941), eleito com a promessa de garantir banheiros públicos, gratuitos e de qualidade.

Defendia igualdade entre pobres e ricos. “O pobre paga por um xixi enquanto o rico tem banheiro de graça no aeroporto e no shopping.”

Agora o banheiro público não é gratuito nem tem qualidade.

O toalheiro obsoleto é o pai de todos os surtos de conjuntivite;

A bactéria vai da toalha para as mãos, dai para a vista, que logo começa a coçar.

Em seguida aparece a vermelhidão, mais coceira e produção de uma substância espessa e amarelada.

Seu filho vai ter que entrar em quarentena na escola.

A Prefeitura não precisa oferecer banheiros padrão shopping center. Mas pode ver o preço desses secadores com ar quente.

Os mais baratos custam cerca de 500 reais ou 250 ingressos para o xixi; os mais caros vão a três mil reais. Ou 1.500 xixis.

A renda de um fim de semana paga a melhoria.

.

gghghg O toalheiro perigoso.

 

 

.

Posted on 24th setembro 2018 in Sem categoria  •  No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *